quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Passagem de ano

Para onde?
Chega-se ao fim de Outubro e parece que já nem se pensa noutra coisa senão no local onde vamos passar o próximo reveillon!
Por mim continuo a dizer o que tenho dito nos anos anteriores, o local nem é a coisa mais importante. Importante mesmo é ser com um grupo, de preferência grande, de amigos. Quantos mais melhor.
Até sou sincero, já tou farto do Algarve, lá nada muda, sempre tudo igual.
Acabamos por fazer sempre as mesmas coisas, um jantar melhorado, bebida a condizer, álcool à mistura quanto baste, fogo de artifício à meia noite, promessas e pensamentos num melhor ano, abraços e comemorações e dançar noite fora.
Mas a ver vamos...

10ª Crónica "Síndrome de sonho de jogador"


Lembro-me quando era pequeno e como adorava sonhar... Sonhava o habitual de qualquer criança, nada de extraordinário ou diferente. E quando o futebol surge na rotina ou quotidiano de um petiz e se começam por dar uns pontapés numa qualquer redondinha na rua com os vizinhos, todos sonhamos vir um dia a ser grandes craques, tal e qual aqueles que víamos na TV, aqueles da nossa equipa.Pegando na introdução desfaço logo um mito "um árbitro não tem clube". Mentira! Óbvio. Para se ser árbitro é preciso gostar-se imenso do futebol, é uma actividade amadora, daquele que ama o que faz, para se gostar assim tanto teve que haver um início em que claramente tínhamos um clube preferido. Muito dificilmente alguém aos 10 anos gosta de futebol só por gostar, e discute o tema como se gente grande fosse. Não, não é assim. Gostamos no geral, mas temos a preferência em particular.Voltando ao tema… Será que algum miúdo poderá vir a sonhar ser árbitro? Dificilmente. Então quando poderá surgir esta mera hipótese na adolescência? Apenas aparecerá caso não tenhamos demonstrada a capacidade para vir a ser um jogador de eleição. Se assim fosse seria esse o nosso caminho.Num dos últimos fins-de-semana ouvi uma curiosa interjeição dum espectador "se tu percebesses de bola tavas era a jogar!". Será que se aqueles jogadores que eu estava a arbitrar percebessem de bola não estariam num Barcelona ou Real Madrid? Não entremos por ai. Também se diz que para ser um bom treinador, só tendo sido um grande jogador, e olhem o Mourinho! São apenas dogmas.Provavelmente 90% dos árbitros foram jogadores ou projectos disso e não tendo grande qualidade enveredaram por outro papel. Porque "a bola" continuava no pensamento, não tinha era chegado à técnica de execução.É verdade, temos a síndrome de jogador falhado. Mas nem por isso temos menos paixão pela modalidade. Hoje muitas vezes paro para pensar e pergunto o que faria se não fosse árbitro. Não sei, e vocês? Talvez fosse treinador, quem sabe.Pois é, talvez sim, talvez não, mas mesmo não tendo tudo o que sonhei em criança, sonhei depois com tudo que tenho e assim continuo sonhando com o futebol que tanto deleite me continua a dar.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

9ª Crónica - Quantos minutos tem um jogo de futebol?

«Prefiro a liga inglesa, ali os jogos duram noventa minutos. Em Itália e Espanha há um pré-jogo e um pós-jogo», diz José Mourinho. Também em Portugal assim o é, a nossa cultura tão latina dá-nos esses predicados.
Qual a duração de um jogo de futebol? Não é uma pergunta com uma pergunta tão linear quanto possa parecer.
Há jogos de 90 minutos sem história, outros com estórias, existem outros que duram toda a semana (a anterior e a posterior!) e há até jogos que se perpetuam por toda uma vida!
Quando Mourinho compara o modo de estar britânico com o nosso põe a nú essas diferenças ideológicas entre as culturas. Talvez o futebol tenha tido o seu início ou desenvolvimento fulguroso no Reino Unido, no entanto é por cá que é vivido com mais garra, outro calor.
Em Portugal existem 3 jornais desportivos diários, em Espanha e Itália outros tantos. Em Inglaterra o jornal generalista "tablóide" disponibiliza 4 páginas de resumo do desporto.
Por cá todos avaliam os árbitros, há especialistas em todas as rádios, jornais, portais de futebol, todo o mundo é entendido na matéria. Qualquer lance é esmiuçado, repetido e visionado vezes sem conta. A actuação do árbitro está sempre em foco e sempre são encontrados erros, naturalmente. É um combate terrível entre o árbitro e os lances vistos pela TV.
Talvez um dia as novas tecnologias permitam uma quase eliminação do erro humano, mas aí o futebol perderá alguma da sua cor, do seu entusiasmo, do seu êxtase. Futebol sem polémica e sem discussão não existe, de que falarão depois os adeptos à 2ª Feira? da crise económica? Não! O futebol é um refúgio espectacular de todos os outros assuntos que nos preocupam.
Daí que a pergunta que dá nome à reflexão desta semana não tenha uma resposta inteiramente certa. Um jogo de futebol pode ser eterno!
P.S.: Terá início em Novembro um novo curso de árbitros de Futebol de 11 na A. F. Beja, ainda estão abertas as inscrições. Aproveitem. É grátis!

8ª crónica - "É mais fácil olhar para fora da janela que para o espelho"

Esta frase pertence a Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da LPFP, numa das suas últimas afirmações públicas. Uma clara indirecta em jeito de farpa aos autores das críticas que se tem ouvido nas últimas jornadas.
Fazendo uma analogia entre os campeonatos profissionais e o nosso distrital, é óbvio que também aqui se encaixa a mesma permissa. Também aqui mais tarde ou mais cedo vão aparecer as vozes indignadas desta ou daquela apitadela.
Quando se exerce a função de árbitro, sendo pública, está-se sujeito ao escrutínio e à crítica de quem compete e de quem visiona os jogos.
A cara de quem perdeu nunca será igual à de quem ganhou, e o caminho mais fácil é muitas vezes apontar e enumerar os erros cometidos...pela equipa de arbitragem, mesmo que não se tenha produzido um futebol capaz, isso não se reconhece, fica apenas para a palestra do próximo treino, coisas apenas ditas dentro do balneário. Para fora as pessoas gostam de exteriorizar dando as culpas aos outros, pressionando desde logo os árbitros dos próximos jogos.
Um defesa que coloca em jogo os avançados levanta o braço e atira o odioso para cima do assistente, um treinador em maus lençóis queixa-se de ser prejudicado, um dirigente desgostoso com o investimento feito sem resultado queixa-se do sistema. É recorrente, não devia mas já é habitual, tão normal que o "pós jogo" qualquer dia não tem interesse. Nem devia! Todas as semanas o mesmo tipo de declarações, já estamos formatados para não as valorizar grandemente.
Porque após o apito do árbitro pouco mais há a dizer, só já se pode mudar dai em diante.
Mas, sejamos honestos, quem quiser ser árbitro e esteja à espera duma carreira pública só com elogios bem pode recuar e procurar outro hobbie. Também nesse parâmetro os homens do apito devem ter poder de encaixe, saber destrinçar as críticas construivas, das desculpas dos derrotados. Saber ouvir para melhorar, identificar os pormenores menos bons para torná-los melhores.
Também aqui há a reciprocidade da frase que dá título a estra crónica, e não tenham os árbitros sempre a vontade de chutar para canto todas as críticas, fazendo ouvidos de mercador. Muitas vezes também nós finalizamos um jogo insatisfeitos, mas longe de nós virmos desculpar-nos para as rádios ou jornais com argumentos esfarrapados.
É assim o futebol, é assim a nossa cultura latina, no desporto como na vida todos gostam de levar à letra a máxima "quem não pede não ouve deus", e então todos nos queixamos, cada um com a sua música, cada um consoante a sua dor!

7ª Crónica - Já começou o distritalão

Iniciou no passado domingo mais uma época desportiva em termos da maior competição desportiva da A. F. Beja. Durante 26 jornadas vão entrar 15 equipas em campo para tentar obter a melhor classificação e performance possível.
Sim 15, pois a juntar às 14 equipas, temos a equipa dos árbitros! Também nós estávamos sedentos e saudosos de jogos, a fome de bola já apertava em grande medida.
Ano após ano a arbitragem rejuvenesce. Novos valores sobem à 1ª Categoria Distrital e tentam ganhar o seu espaço de afirmação. E todas as épocas também na arbitragem há os candidatos naturais, mas também surgem os outsiders, a correr por fora, e à espera de uma escorregadela de quem vai na dianteira. É assim o nosso mundo, afinal tão diferente mas igual a toda a competição desportiva. Todos queremos ser os primeiros.
Os árbitros estão conscientes da sua responsabilidade, e sabem perfeitamente que para atingir um objectivo, tem que trabalhar muito. Não chega treinar, tem que se estudar, preparar psicologicamente e claro está ter a estrelinha da sorte. A nossa formação de hoje é muito melhor, temos que ser melhores do que já fomos, o nível tem que subir.
Sei que pedir aos treinadores e dirigentes das equipas para que não se preocupem em demasia com os árbitros e nomeações, é pedir demasiado, mas ainda assim tento sensibilizar nesse sentido. É necessário acreditar na idoneidade do sector, dar-lhe tranquilidade, evitar pressões.
Erros vão existir hoje e sempre, é um mal necessário. Preparem-se para serem beneficiados e admitir, e ser penalizados e não explodir.
E quando chegarmos a meados de Maio estarão encontrados os verdadeiros campeões, os que a classificação ditar e principalmente todos os outros que tenham conseguido manter uma postura positiva de fair play!
Contem com o sector da arbitragem empenhado em estar ao nível da competição

6ª crónica - Ser árbitro de futebol não é para quem quer, é para quem tem jeito

Todos conhecemos histórias, e todos conhecemos aquela de um gaiato que um dia quis ser jogador de futebol, que gostava tanto de dar uns pontapés na redondinha que só não dormia com ela porque os seus pais não o deixavam. Todavia não era carreira que ele pudesse seguir, não tinha qualidade para tal, pelo menos não passaria dos campos distritais. Ou também conhecem aquela história da menina que queria cantar, mas a voz não ajudava.
Esta introdução serve para dizer que talvez os árbitros não são todos aqueles que não conseguiram ser jogadores de futebol, ou todos aqueles que não tem ocupação de fim-de-semana. Terá que existir algum talento inato.
Nos distritais há muitos casos de árbitros que ao fim de pouco tempo (2/3 épocas) de actividade acabam por desistir e dedicar o seu tempo a outra coisa qualquer.
Ser árbitro de futebol não é para quem quer, é pois para aqueles que tem mais jeito e o demonstram, o desenvolvem, o lapidam e se esforçam. A ideia de que qualquer pessoa pode ir para um campo de apito na boca ou bandeirola na mão afigura-se pois completamente errada.
Em primeira instância estão as condicionantes do perfil psicológico ou temperamental. Cada pessoa tem o seu carácter, a sua auto confiança, que nem sempre é imune ao choque da relação com o público. Um árbitro deve ter total controlo do seu equilíbrio emocional, para nos momentos mais complicados não vacilar.
Depois vem a condição física. Antigamente tínhamos o mal falado teste cooper, autêntica dor de cabeça que tirava horas de sono a muitos, mas daí já se fez história e os actuais testes físicos não são nada dóceis. Se alguém chega aos 20 anos e adere à arbitragem, não tendo hábitos desportivos de rotina ou preparação física adequada então vai ter um árduo caminho a percorrer.Em seguida o gosto pelo futebol também é importante, um árbitro é amador, é aquele que ama o que faz. Um árbitro tem que gostar muito de futebol. Entendê-lo, percebê-lo, saber a sua história e a sua génese, que lhe dará no terreno maior astúcia e perspicácia. Um árbitro tem que ler o jornal desportivo e estar actualizado com o desporto rei.
Um Árbitro para além de ser preparado para julgar, é um ser humano com vida pessoal. E aqui também se toca num ponto essencial. Não se é só árbitro no estádio. É-se árbitro toda a semana e toda e qualquer atitude menos própria no nosso dia a dia nos pode porventura nos descredibilizar.
Queres ser árbitro? Demonstra organização, disciplina, responsabilidade e cumpre os horários e compromissos, pois estes são os princípios fundamentais para se obter sucesso e reconhecimento.
A propósito de tudo isto vai abrir um curso de Árbitros de Futebol de 11 na A. F.Beja. Quem se considera preparado para o desafio?

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Novo E-Mail

Fiquei sem o habitual mail jdgorjao@hotmail.com e estando já com pouca esperança de o recuperar, tenho já um novo que substitui o anterior.


dinisgorjao@gmail.com
é este que devem agora adicionar, também no MSN pff!

Obrigado.
Beijo/abraço
Dinis Gorjão

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Teamwork

Quando se trabalha em equipa, trabalha-se muito melhor, parece-me evidente.
Na foto podem ver à esquerda o Válter Canhita, ao centro a minha pessoa e à direita o Jorge Aniceto. Nós constituimos uma equipa de arbitragem que trabalha visando objectivos comuns - boas exibições.
A época ainda vai no adro e muito falta para fazermos um balanço final, mas até agora os indicadores são positivos, deixam-me satisfeito e motivado para me esforçar mais ainda.
Companheirismo e responsabilidade partilhada é o que pretendo.
Comprometemo-nos a dar o nosso melhor é o nosso lema.
Porque o futebol é a minha vida, é o meu gosto. Porque eu sem ele não faço sentido!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Paulo Bento e o Futuro

Não havendo melhor, aceita-se.
Temos muitos bons treinadores Portugueses, mas no desemprego não estão concerteza.
Sendo assim dentro do possível não é má opção, também não era bem aquilo que queríamos, mas enfim.
Recordo as 4 épocas de Paulo Bento à frente dos lagartos em que ficou sempre em...2ºlugar!
E agora na selecção com estes 2 primeiros resultados negativos, e o 1º lugar já sendo uma miragem, resta lutar pelo 2º, coisa em que o Paulinho parece ser perito.
Pelo menos numa coisa será bom, impor a ordem e o respeito no balneário, sabendo gerir os egos dos craques com bom senso pode ser que ainda se vá a tempo! Sorte é o que lhe desejamos.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Gatos... detesto!

Não sei de onde vem esta minha antipatia, nem porquê.
O que é facto é que desde puto nunca fui nada à bola com gatos, não gosto deles. E mais... sei que eles também não gostam de mim.
Devem ser uns bichanos muito amorosos para com os seus donos, devem fazer muita companhia, pacatos, bem comportados, etc. Mas não me convencem!
Quando vejo um gatinho a jeito só me vem à cabeça o CR7 a bater aqueles livres em força e dá-me uma vontade de marcar um livre directo...com o gato!
Posto isto, só para dizer que, acordei esta manhã com o zumbido de um leve miar do lado de fora da janela. "Assomei-me" e assim que o malfadado me viu fugiu com todos os pés que tinha. Imaginam a cara que lhe fiz certo?
Os gatos para mim significam energia negativa! E então é vê-la lá longe.

Bom, mas quem quer saber de gatos se hoje é o dia mais belo da semana! 6ª Feira que é quando eu vejo mais de perto o Alentejo =)

Oh Zé aceita!

Número 1 especial dá uma alegria aos teus fãs e a mim que sou o primeiro e diz que sim à moribunda selecção.
Não pelos que lá estão, mas pelo significado patriótico que a missão merece.
Futebol não é tudo, mas significa muito para os portugueses.
Em nenhum outro sector Portugal tem tal visibilidade no mundo e perdendo a ida ao Euro 2012, só no Mundial 2014 (daqui a 4 anos) voltariamos aos grandes palcos.
Muito mau.

Pelo menos se não aceitares indica aí ao Madaíl um gajo à maneira para nosso seleccionador que não seja o teimoso do Paulo Bento! Isso não.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Ao fim de algum tempo em Lisboa

Na minha seretária
"Aterrei" em Lisboa a 28 de Junho de 2010.
Já passaram algumas semanas e até agora o balanço é bastante positivo.
Alguns receios que poderia ter relativamente à adaptação a uma cidade com um estilo e ritmo de vida diferentes já foram completamente arquivados.
Já estou ambientado à realidade profissional no quartel da ajuda, e quanto às minhas funções também não me restam dúvidas.

Talvez devesse ter vindo antes para o Exército.
Talvez devesse viver em Lisboa há mais tempo!
Por vezes o que faltá é a coragem para dar o passo para a mudança!

5ª Crónica - O árbitro vê o árbitro como adversário


Estar inserido no seio da arbitragem de futebol é conviver num mundo com particularidades e susceptibilidades que desconhecemos à partida, e com as quais nos vimos mais tarde a surpreender.
Entrar para esta família é sinónimo de ganhar experiências pessoais e crescer.
Quando, geralmente jovens, aderimos a esta causa naturalmente conhecemos algumas pessoas do meio, embora com a maior parte não tenhamos ligação pessoal, e começamos a travar amizades com os que acompanhamos nos primeiros jogos.
Os jogos sucedem-se e cada vez estamos mais integrados na função e nas relações. Passado algum tempo ouvimos algures um dos nossos, um qualquer "velho do Restelo" dizer em tom de brincadeira «o árbitro é o pior inimigo do árbitro», e de imediato discordamos totalmente. E fazemo-lo porque julgamos que a tal família é unida e coesa. Mas será que esta realidade existe, nesta ou noutra qualquer família tradicional? Creio que não.
Os árbitros correm pelos seus objectivos, querem chegar ao fim da prova e cortar a meta em primeiro. Ou chegar ao fim de semana e ter o melhor palco para actuar.
Sentimentos como a frustração pelo objectivo perdido, como o desapontamento pela nomeação não desejada ou insegurança por não saber uma classificação são normais, estão estudados e são uma realidade. São portanto aceitáveis.
Todavia outras coisas há que são completamente descabidas, por vezes existem ambições desmedidas que trazem situações menos bonitas e que por arrasto magoam os intervenientes. Nem sempre os fins justificam os meios!
Uma vez que estamos a recomeçar uma nova época, tivemos todos tempo para uma reflexão pessoal, lutemos então para unirmos o nosso sector. A esperança é sempre no amanhã, fantasiando que a presente geração de árbitros (rejuvenescida) se venha a verificar, nestes parâmetros, bem melhor que as suas antecessoras. A expectativa é sempre elevada.

4ª Crónica - O papel do árbitro na formação do jovem futebolista


O Futebol é o desporto rei em todo o mundo!
Quando uma criança nasce, se for um rapaz, mais cedo ou mais tarde alguém lhe vai oferecer uma bola de futebol e esta redondinha acompanha-lo-à para todo o lado – casa, escola, bairro, clube ou onde possa chutá-la.
Essa criança começa por praticar um desporto sem nenhuma obrigatoriedade, com magia e liberdade que se traduzem nas fintas e remates a imitar os craques idolatrados. Estamos numa fase que não existem regras ou normas.
Uma segunda etapa inicia-se quando a criança começa a praticar futebol integrado numa equipa, deixa de estar só e aprende que existem novos conceitos do colectivo a dominar. A criança começa então a demonstrar a sua competência ao adaptar-se respeitando o que está instituído. Ao mesmo tempo que aprende o que é o futebol começa a interiorizar as Leis de Jogo e a sua lógica.
É então como jogador de futebol que a criança se depara na competição com uma nova personagem – o árbitro de futebol. Para uma criança o árbitro representa a lei, sem ele não há jogo, e no árbitro deposita toda a confiança e respeito. O árbitro passa a ser visto como indispensável, infalível e incorruptível. Neste estádio a função do árbitro será de um educador, transmitindo às crianças todo seu conhecimento e desenvolvimento da noção das regras do jogo de futebol. Também neste estádio o árbitro pode e deve aproveitar para ter a sua melhor escola de aprendizagem para logo aí começar a ser um árbitro respeitado, não só pelas crianças mas também pelos exigentes pais que assistem aos jogos. A emoção e o coração levarão sempre à crítica feita por um pai a um árbitro.
O árbitro ainda terá como principal função passar à criança o respeito ao fair play (jogo limpo). Impedir a violência. Exigir que nenhum adversário seja humilhado ou abusado por razões raciais, étnicas ou religiosas. E que o futebol faz amigos.
Infelizmente para o futebol, a criança vê nos seus pais a principal figura relacionada com a verdade, e sendo assim, quando ela observa o seu pai ou a sua mãe criticar abertamente o árbitro, ela sente-se no mesmo direito. E é precisamente aí que reside a origem da tese que "...o árbitro será sempre o causador da sua derrota".

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Quem se segue?

A telenovela com o nosso ainda seleccionador nacional de futebol chegou ao fim. Foi despedido...tardiamente!.
Após o Mundial sentiam os Portugueses que Carlos Queiroz não era a pessoa mais indicada para continuar a ser o treinador da selecção A. O homem tem 2 títulos mundiais com os sub-20 e estar-lhe-emos gratos por isso eternamente. Mas a sua carreira como treinador principal quase a isso se resume em termos de títulos. Já correu mundo desde o Sporting, à África do Sul, aos Emirados ou aos EUA, até pelo colosso Real Madrid e nada. Só mesmo como adjunto no Man Utd se reencontrou. Como nº2.... É um excelente preparador físico, planificador, estratega de gabinete, etc. Mas liderar, ter a mestria do banco, a arte e engenho de saber mexer numa equipa, não tem!
Contudo...contrato assinado por 4 anos ou se cumpre ou paguem ao homem e mandem-no de volta. Andaram a tentar dar cabo da honra do homem, foi quase humilhado.
Com todas estas trocas e baldrocas já perdemos 5 pontos em 2 jogos e já estamos agarrados à máquina calculadora, temos que ter uma caminhada perfeita até final. Será? Hummm.
Se estes jogadores falharem o Euro 2012, só daqui a 4 anos podem voltar a uma grande competição de selecções. É grave.
Gilberto Madaíl...pense bem e melhor que pensar, toca a agir, porque o tempo foge. Quem será o próximo selecionador?

Ouçam bem a juiza "Carlos Cruz admitiu...."

Todos nós sabemos que o Sr. Carlos Cruz é um perito em demagogia, gosta e sabe falar perantes as câmaras, tem bons advogados, etc, etc.
Mas...ele que meta mas é a viola no saco e vá pregar para outra freguesia, que já chateia com tanta conversa. Ouçam bem este excerto e o que a juíza refere. "Carlos cruz admitiu...".
Sendo assim, tudo o mais é conversa. Para mim o caso Casa Pia está encerrado.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Hoje é 8 do 9 do 10

Dia 8 do mês 9 de 2010.
Em 2013 ainda vai dar pa ser dia 11 do 12 do 13, depois já não.
Uma sequência engraçada mas finita.

Quando me veem falar nas ex...


Quando algum amigo/a me vem falar no/a ex, que ainda gosta dela/e e tá naquela fase que não sabe se avança ou se recua, eu tenho praticamente sempre a mesma frase pa dizer:
"Tu é que sabes se vale a pena, mas se quiseres podes ouvir a música Regras da Sensatez do Rui Veloso, talvez ajude a decidir."
Depois cada um tira a ilação que quer.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Faz hoje um ano que fomos à Tunísia

Tita e eu à esquerda. Patrícia e Rui à direita
7 a 14 de Setembro de 2009
Tunísia - Hammamet
Marina Palace Hotel

Raio do tempo anda a correr muito rápido.
Andámos a planear esta viagem à Tunísia algum tempo, quando tudo estava certo faltavam ainda alguns meses para aquela data e ...nunca mais lá chegávamos!
Agora já passou um ano.

Foi uma viagem muito boa, com a Tita, a Patrícia e o Rui.
Aquelas praias, as diversões, fomos ao deserto, andámos muitas vezes de camelo, comemos iguarias que nem sei o nome, fomos às discos lá do sítio, trouxemos compras e recordaremos estes momentos bonitos muito tempo.
Há um ano partimos nós naquela avião velho e grande da Tunise Air com o speaker a dizer algo que não percebiamos e não houve direito à versão em inglês. E depois foram 7 dias espectaculares.
Um dia quero lá voltar!

Projecto New York City em marcha

Once upon a time in NYC ...
Interpelando alguém sobre se teria vontade de se deslocar a NYC para visitar essa grande metrópole do mundo, quem poderia dizer que não?
Eu digo sim.
Vamos a ver, para já é um projecto, um sonho a ser planeado e trabalhado.
Eu, David Pedro, Tiago Francisco, Hélder Silvestre parecemos estar certos. Mais alguns se poderão juntar.
Data da coisa...lá para meados de 2011.

Deixem-me sonhar...

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Início da 10ª Época na Arbitragem

Jorge Aniceto, eu e David Tripa
Foi ontem.
Iniciei em termos oficiais a 10ª época na arbitragem, é uma época especial, pois completar uma década...é mesmo muito tempo já.
A arbitragem acompanhou-me desde os 16 anos, era ainda um fedelho baixinho e sem barba. Fiz-me adolescente árbitro e agora projecto de homem, qualquer dia ando por aí arbitrar careca e desdentado!
Enfim. Para o bem ou para o mal eu sem o futebol sou Zero, e quem me conhece sabe disso =)

Já me preparo para o enterro do verão!

Por mim o verão já me chega.
Já fui de férias, já tive dias de praia e diversão suficientes, já casei um amigo, tem sido um verão preenchido.
Gosto do Verão, muito. Mas... pudesse eu mandar e 1 mês de calor era suficiente! Com as alterações climatéricas qualquer dia temos um verão semestral e aí ninguém vai aguentar.
Já tenho saudades do frio! De arbitrar à chuva, tirar do guarda fato os grandes casacões e botas, as peúgas quentes, etc.

3ª Crónica Arbitragem

Urs Meier, o meu ídolo de criança
http://desportoembeja.blogspot.com/
APITO BEJENSE: LIDAR COM O ERRO

O árbitro é sem sombra de dúvida um elemento imprescindível na organização do futebol.
A sua tarefa ou missão é tão importante que nem se pensa num jogo de futebol sem alguém que arbitre, decida e possa mediar o confronto de duas forças.
Estando em contínuo foco nas suas decisões um árbitro sabe sempre antes de iniciar um jogo que não vai conseguir acertar em todas as situações porque tal não é humanamente possível. Em 90 minutos de jogo um árbitro é confrontado em média com 200 decisões, e até não assinalar uma falta e deixar seguir o jogo é uma decisão tomada.
Se uma pessoa acerta em 95% daquilo que decide está num nível muito bom, reportando esta estatística ao mundo do futebol significa que um muito bom árbitro acertará 190 das 200 decisões. Ainda assim falha em 10, e dentro dessas 10 pode estar a decisão de um jogo.
É essa preparação que ninguém tem de forma inata. Ninguém é ensinado a lidar com o erro. Aos atletas são ensinadas tácticas, ensaiadas jogadas, é-lhes dado uma boa condição física, recomendado um bom comportamento dentro dos parâmetros do que é ter fair play, é incutido um espírito vencedor, etc.
Mas e saber aceitar o erro de um árbitro? É complicado, só na educação individual de cada pessoa e na formação do seu carácter tal é possível.
E o árbitro estará preparado para errar? Está, o árbitro está consciente que o limiar entre o mal e o bem é curto e que não consegue atingir a perfeição, mas procura reduzir os factores de risco ao erro e pede para ter sorte. Para que os seus erros não sejam importantes, um lançamento lateral ou uma falta a meio campo por exemplo.
Quem é o melhor árbitro? É o que erra menos? Não! É o que não erra em situações cruciais. Um árbitro que erre num penálti é pior árbitro que um outro que erre em 5 faltas a meio campo para dar velocidade ao jogo, mas chegando à zona crítica não hesita.
Em jeito de conclusão termino dizendo que devem os treinadores das camadas jovens, de enorme influência no desenvolvimento da carreira dos jogadores, ter o papel de formador na relação com os árbitros sabendo sempre que ligado à tomada de decisão está o erro.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Crónica de Arbitragem: "Alguém sonha ser árbitro?"


Ao pensar em temas possíveis para iniciar esta crónica reflicto sobre que razões poderão levar alguém mentalmente são a aderir à arbitragem? Será que as pessoas não estão informadas das polémicas que ocorrem todas as semanas em todo o mundo? Será que não sabem que os árbitros quando iniciam a sua carreira nos distritais tem prémios de jogo que são insignificantes? Será que sabem realmente o que é ser árbitro? Sabem! E mesmo assim ainda vão havendo alguns malucos que insistem em querer ser árbitros.

Árbitro de Futebol ... poderia ser "apenas" mais uma actividade normal e rotineira se não mexesse com uma paixão Mundial... O Futebol! Precisamente o desporto rei. Quem nunca foi a um estádio para ver um jogo, e, injuriou o Árbitro, mesmo sabendo que talvez ele estava correcto na sua decisão? Polémica ou não, a presença do juiz de futebol é necessária ... ouso dizer que graças a presença desta ilustre personagem ... quem vai ao estádio de futebol acaba fazendo uma verdadeira catarse, a sua alma fica mais leve, é verdadeiramente terapêutico. Chamar nomes a um árbitro liberta o stress da semana.

Árbitro de futebol, esse ser que um dia só usava preto e hoje vemos de todas as cores, traz uma certa magia, a começar quando pisa o relvado, é o primeiro a entrar no palco sagrado, e nesse momento logo recebe as primeiras manifestações, os primeiros "elogios", isso sem eles sequer darem um único sopro no apito ou levantar a bandeira...que sina...talvez no íntimo carreguem a certeza que esta sua ocupação tem uma certa missão especial...Talvez!

Alguém consegue imaginar uma partida de futebol sem o apito do Juiz? Não!

Por tudo isto e muito mais quero dizer que apesar de tudo vale a pena ser árbitro de futebol. Para quem gosta deste desporto, poder sentir a adrenalina que é a direcção e gestão do jogo, sentir a pressão de ter que decidir, ser posto à prova. Experimentem. Amado ou odiado, viva o Árbitro de Futebol

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Cartaz Festa da Tomina

Mais uma edição da secular Festa da Tomina.

Santo Aleixo da Restauração, a minha aldeia, fica a 83 km de Beja e garanto-vos que vale a pena comparecerem a estas festas.

:D

Cliquem na foto

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Mais um Verão no sul de Espanha!

Eu, Angelito, Bruno, Luis e Hugo
Mais um Verão Passado no sul de Espanha!
Já é uma tradição fugir ao algarve. Não estou a ser um bom português em ir deixar as minhas economias no país do lado, mas o algarve por várias razões tem ficado sempre para 2ª opção.
Primeiro porque está cada vez mais caro, depois porque está cheio de gente, e por todo o lado encontramos pessoas conhecidas, e se há coisas que me deixam fora de mim é só ver ementas em inglês! Sinto-me já melhor acolhido em Cádiz do que em Albufeira! É uma triste realidade.
Em 2008 começámos por desbravar Cádiz e Puerto de Santa Maria. Em 2009 acrescentámos Jerez de La Frontera, Puerto Sherry, a praia de Valdelagrana, etc. Agora em 2010 passámos 5 dias nestas zonas atrás indicadas e mais 5 dias à descoberta de... Málaga, Marbella, Torremolinos, Puerto Banús e etc.
Nem queiram saber as diferenças.
De Beja a Málaga por exemplo são 4 horas de viagem. É uma distância que compensa.
Conhecer discotecas como Funky Budha em Puerto Banús é mesmo outro nível.
Aconselho a todos partirem à descoberta de locais diferentes. Outras praias, outras gastronomias, outro tipo de noite, outra língua, conhecer novas pessoas, crescer culturalmente.
Ir sempre de férias para o mesmo sítio, tipo sempre algarve ou sempre costa alentejana, é como a rotina profissional! Não pode ser.
Na última foto da esquerda estou com o Bruno com quem fiz o hat-trick.
Recordo então que em 2008 fui com o Bruno, Xina e Bob.
Em 2009 fui com o Bruno e Angél.
Em 2010 fui com o Bruno, Angél, Luís Diogo e Hugo Vieira.
:D

Muitas outras estórias haveria a contar sobre estes 3 verões, essencialmente sobre o último em que a memória está mais fresca, no entanto essas ficam para contar pessoalmente a quem estiver interessado.

Aventurem-se!

Uma nova época começa ..

Estou desde hoje, 18 de Agosto a participar semanalmente no blog http://desportoembeja.blogspot.com/ com uma crónica sobre arbitragem. Aqui fica a primeira!

"Numa altura em que o verão ainda vai no adro e os dias de calor teimam em incomodar-nos mais uma época desportiva está já em perspectiva. Demorará pouco para que as fases de pré-época das equipas de futebol iniciem e sirvam para aprumar a sua forma física, limem as vertentes técnico-tácticas e preparem os próximos sete/oito meses de competição com especial afinco.
Quanto à estrutura da arbitragem não se pode falar propriamente num defeso recheado de contratações ou reforços de plantel, nada disso, mas de Maio a Outubro, um período imensamente grande -- que marca o fim e o início de uma nova época desportiva, muitas novidades surgem e muitas ambições se renovam.
O sector mais individual do futebol, o dos árbitros, caracteriza-se por aspirações e objectivos traçados a curto prazo ou especificamente falando -- no lugar da pauta classificativa do fim da época, reguladora e indicadora do futuro imediato da carreira de cada um, e assim época após época contrastando com meia dúzia de felizes, há sempre todo um conjunto de situações menos conseguidas que resultam naturalmente numa frustração e reestruturação de metas.
O período que medeia o fim da última época desportiva na AFBeja e o início da próxima é nada mais nada menos que 140 dias e por esta altura todos os árbitros do distrital estarão mais do que desejosos de jogos a sério no intuito de protagonizaram temporada conseguida e eficiente e se redimirem do que sucedeu anteriormente.
Socialmente corre a ideia que vitória e derrota são conceitos que nada dizem aos árbitros. Todavia eles existem, embora de forma diferente. Um árbitro vence quando trabalha bem, quando se empenha, quando arbitra bem e simultaneamente esse bom desempenho é-lhe reconhecido por uma nota condizente com o labor desenvolvido.
Um árbitro vence quando obtêm boas notas em testes escritos ou bons tempos nas provas físicas. E um árbitro vence essencialmente quando no fim da época olha para o quadro classificativo e atingiu aquilo a que se propôs. Quando assim não é um árbitro não vence, sente-se prostrado e extenuado. E pior ainda é porque a temporada terminou e demorará 4 meses a reiniciar-se, sendo que não há fim de semana seguinte com jogo para provar o seu valor.
No entanto tudo se renova e é mutável.
Com uma nova época à porta os árbitros estão paralelamente cheios de energia e sedentos do seu começo.
E quem tem acompanhado o futebol distrital na última década concerteza reparou no rejuvenescimento acentuado do sector. A imagem generalizada do árbitro «quarentão de barriga» extinguiu-se e a rapaziada que por aí se observa tem em média pouco mais vinte anos. O que lhe falta em experiência sobra em vontade. O traquejo necessário advirá da prática.
Posto isto resta desejar que 2010/2011 possa decorrer da melhor forma possível para todos os árbitros, sendo que no fim nem todos vão poder cantar vitória, pois o triunfo estará destinado para o melhor. Assim acontece e assim se espera.
Aproveitem as restantes semanas para se preprarar da melhor forma quer fisica, quer teoricamente."

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Casamento do meu amigo Daniel!

Vejam esta foto!
Salvo erro é de 2002! Longíquo ano.
Refere-se ao meu jogo de estreia como árbitro no escalão de juniores. Enfim, isso pouco interessa.
Ao meu lado direito está o Jaime Vieira, o grande, que é uma das minhas grandes influências na arbitragem, "Il Padrino".
Ao meu lado esquerdo o grande amigo de infância Daniel Lança. Vizinho do lado, também foi colega de turma no secundário, conhecemo-nos desde os meus 10 anos! Muito tempo.
Jogámos a bola juntos na rua e federados, fizemos traquinices várias, iamos roubar melão, andar de biciclete, até construimos uma casa árvore, tanta coisa que eu, ele e outros lá do bairro fizémos, tanta estória para recordar!

O que é certo é que ele agora vai casar! Já vai casar! Encontrou a mulher da vida dele e assim seja.
E eu fui surpreendido há uns meses atrás por ele com um convite para ser padrinho. Que honra :D
Aceitei claro! e lá vai o "FM" casar já dia 28 de Agosto, que será sem dúvida um dia de grande festa!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Provas de Início de Época Ultrapassadas!

Estive neste fim de semana, desde 6ª Feira até domingo no Hotel Amazónia em Queijas nas provas de início de época da FPF.
Por a contenda se ter iníciado numa 6ª Feira dia 13 nada quis dizer, porque no final ninguém foi bafejado pelo azar, ficámos todos aptos em beleza! :D
Foi um fim de semana bom, convivi de perto com mais de 50 árbitros, alguns deles com grande carreira de orgulho e com passagens pela 1ª Categoria como José Godinho, António Taia ou Nuno Afonso. Para além destes outros nomes com carreiras de anos a fio nos nacionais como José Albino, Joaquim Lamarosa, José Figueiredo ou Armando Branco.
Paralelamente a esta minoria de pessoas com grande passado juntam-se dezenas à procura de um futuro, entre as quais eu claro.
Para já a época começou da melhor maneira, saí no domingo com espírito de dever cumprido e cheio de confiança para começar a arbitrar. Estou mais maduro, mais convicto que só com trabalho é que as coisas se conseguem e no que depender de mim vou dar tudo o que tenho para no fim da época poder ficar satisfeito.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Os sábios é que sabem :D

"Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade…
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração”.

William Shakespeare

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Profissionalmente já estou colocado em Lisboa


Incorporei no Exército a 20 de Janeiro em Abrantes onde fiz a recruta.
Jurei Bandeira a 25 Fevereiro.
Fui graduado 2º Furriel em 1 de Março, no início da fase complementar
A 6 de Abril iniciei a Especialidade de Secretariado na Póvoa de Varzim.
Fui promovido a 2º Furriel a 25 de Junho.
Fui colocado no CSMIE na Calçada da Ajuda em Lisboa a 29 de Junho (zona de belém, a 2 minutos dos pastéis, Mosteiro dos Jerónimos e casa do Presidente da República).

Sou então mais um Alentejano perdido em Lisboa e à descoberta desta grande metrópole!

Fim de Época feliz :D


Desportivamente falando terminei uma época sofrida com motivação para sorrir e continuar a empenhar-me a fundo!

sábado, 29 de maio de 2010

CONFISSÕES DE UM CASAL ALENTEJANO

Justina, no leito de morte, decidiu confessar ao seu António:
"Toino, sabis? O nosso filho más velho nã é tê filho?
O António, muito tranquilo, responde-lhe:
Dêxa lá Justina, nã há nenhum problema... !
Justina, muito intrigada com toda a calma do seu António, suplica-lhe:
Escuta lá Toino!!! Vê se intendes! Estou a dezêr-te que o tê filho não é teu! Homem de Deus!!
E o António muito serenamente responde-lhe:
Pois, pois... eu entendi, Justina.

Ai, Jisus!! Por que raios então tu não estás zangado e ficas tãn tranquilo?!?!
Finalmente, o António responde:
Pois... sabes Justina, que este filho tambêm não é tê filho!!!?
Justina indignada rebate:
Como não é mêu, homem de Deus?
Sê carreguê o infliz na minha barriga durante nov meses?!
António responde:
Justina, lembras-te quando tu estavas na maternidade me pediste para trocar o menino, queli estava todo cagado?
Pois bem... eu troquê-o por um limpinho que estava ao lado.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O Dr. Hermann é que sabia

Em 1912, o mundialmente famoso ginecologista austríaco, Dr. Hermann
Otto Kloepneckler, Médico Cientista, publicou o seguinte:

"O melhor motor do mundo é a vagina. Ele pode ser ligado com um dedo.
É auto-lubrificante. Aceita pistões de qualquer tamanho. E muda o seu
próprio óleo a cada quatro semanas. Só é pena que o seu sistema de
gestão tenha um temperamento tão fodido."

domingo, 23 de maio de 2010

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Serviço de Saúde. Insólitos

O telefone toca e a dona da casa atende:
- Estou!
- Senhora Silva, por favor.
- É ela.
- Aqui é Dr. Arruda do Laboratório. Ontem, quando o médico enviou a biopsia do seu marido para o laboratório, uma biopsia de um outro Sr. Silva chegou também e agora não sabemos qual é do seu marido... e infelizmente, os resultados são ambos maus...
- O que o senhor quer dizer?
- Um dos exames deu positivo para Alzheimer e o outro deu positivo para HIV. Nós não sabemos qual é o do seu marido.
- Que horror! Vocês não podem repetir os exames?
- Não, a Segurança Social só paga estes exames caros uma única vez por paciente.
- Bem, o que é que o senhor me aconselha a fazer?
- A Segurança Social aconselha que a senhora leve seu marido para um lugar bem longe de casa e deixe-o por lá. Se ele achar o caminho de volta, não faça mais sexo com ele.

Encontraste ?

ENCONTRE A 4ª PESSOA FAZENDO POSE NA FOTO!

Não encontrou? Então olhe até o final deste e-mail para ver a resposta.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

A vida resume-se a 4 frascos...


Então, vamos aproveitar,
porque já estamos no terceiro!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

mais alentejano dos alentejanos...

Três amigos alentejanos teimavam a ver qual deles era o mais alentejano:

O primeiro argumentou:
- Ê sô tão preguiçoso que no outro dia, vi uns maços de notas no chão,
e não os apanhê só p'rá nã ter que m'agachari.

Prossegue uo outro:
- Isso nã é nada.
A minha vizinha super-sexy tocou-mi à porta toda nua,
a convidar-me para ir passar a noite à casa dela
e ê recuseí p'ra nã ter que atravessar a rua.

E o terceiro:
- Pois o mê caso foi munto piori.
No domingo fui ao cinema e passei o filme todo a chorari.

- Só isso? - Comentaram os outros.

- É que ao sentar-me, entalê os tomates e nã estive p'ra me levantari !

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Lista de piadas muito mas mesmo muuuuito secas :P

Qual é a única comida que liga e desliga?
- O Strog-On-Off.

O que é que um tomate diz para o outro?
-Tomatas-me

O que é que um tubarão diz para o outro?
-Tubaralhas-me

O que é que uma impressora diz para a outra?
-Essa folha é tua ou é impressão minha?

Diz a massa para o queijo:
- Que maçada!
Responde o queijo:
- E eu ralado!

Sabem quando é que os americanos comeram carne pela
primeira vez?
- Foi quando la chegou o cristovão co-lombo

No hospital, diz o médico:
- O senhor é o dador de sangue?
- Não, eu sou o da dor de cabeça!

Dois litros de leite atravessaram a rua e foram
atropelados. Um morreu, o outro não, porquê?
- Por que um deles era Longa Vida.
(áááiiii tristeza!!!)

Porque é que o elefante não pega fogo?
- Porque ele já é cinza.
(sem comentários)


O que é que a galinha foi fazer na igreja?
- Assistir à Missa do Galo.
(ah ah ah...)

Como é que as enzimas se reproduzem?
- Fica uma enzima da outra.
( Loooool)

Por que o galo canta de olhos fechados?
- Porque ele já sabe a letra da música de cor.
(áááááhh!!!! Ok!)

O Batman pegou no seu bat-sapato social e no seu
bat-blazer. Onde ele foi?
- A um Bat-zado. (dahhhh!!!)


Como é que o Batman faz para que abram a bat-caverna?
- Ele bat-palma. (Uauuuu... Fantástico!)

Como se faz uma omeleta de chocolate ?
- Com ovos da Páscoa!
(LIIINDO!!!)

Por que é que na Argentina as Vacas vivem a
olhar para o céu?
- Porque tem 'Boi nos Ares'!(esta ganha a todas!!!)

Para que servem óculos verdes?
- Para verde perto.
(acho que vou me matar...)

Para que servem óculos vermelhos ?
- Para vermelhor. (Grrrrrrrrrrrrrrrr!)

Por que a mulher do Hulk se divorciou dele ?
- Porque ela queria um homem mais maduro.
(GET IT ?)

Já conheces a piada do fotógrafo?
- Ainda não foi revelada.
(tão O R I G I N A L)

Como se fala top-less em chinês?
- Xem-chu-tian.
(ááááiiiii, meu Deus!!!)

Sabes qual a diferença entre uma lagoa e uma
padaria ?
- Na lagoa há sapinho, e na padaria 'assa
pão'.(nãããããããão!!!)

O que é que um cromossoma fala pró outro?
- Cromossomos bonitos!

O Papa veio ao Porto


...mas apareceu vestido de vermelho e depois de ter andado a beijar a camisola Benfiquisa...pimba!

sábado, 8 de maio de 2010

Árbitro do Ano AFBeja


Acabou-se o sofrimento em termos de época desportiva.
Foi hoje o dia das provas finais para toda os àrbitros com aspirações a promoção.
Iniciámos com as provas físicas de manhã, estava frio, o que ajudou pois o corpo não desidrata tão facilmente. Estive num bom nível físico e nesse aspecto fiquei bastante satisfeito com a minha performance, embora a possa melhorar claro.
De seguida o teste escrito em que precisava de 70 pontos, e tirei 83, fiquei apto. Mas nada satisfeito, note-se. Não gosto de tirar menos de 90 e esse facto deixou-me fulo, enfim, funciona como um alerta interior "tenho que estudar mais!".
De tarde decorreram as demoradas provas orais, depois o Dr. Albano Fialho apresentou um trabalho sobre o Observador de Futebol e também o balanço da época desportiva e já estavamos perto das 18 horas quando a boa nova chegou.
1º Lugar e efectivo no acesso às provas nacionais. O Bruno Vieira como suplente acompanha-me neste trajecto e espero eu que me acompanhe na subida.
Nos assistentes o Jorge Aniceto será o candidato a tentar a subida, uma vez que o Sérgio Teixeira que estava no 1º lugar não ter concluído as provas físicas com sucesso.
Na 2ª Divisão há a registar as promoções do Válter Canhita, Octávio Inácio e Norberto Tomé (Os primeiros dois foram grandes jogadores do nosso futebol distrital que eu tive oportunidade de arbitrar e até amarelar julgo eu).
Quanto aos observadores em 1º lugar ficou o Jorge Fontes, que assim tenta regressar ao quadro nacional.

Foi de modo geral uma época bastante complicada.
De início ainda trabalhava no Call Center Informativo da PT das 23h às 8h da manhã, trabalhando durante o fim de semana, resta dizer que quando tinha 4 jogos rebentava completamente em termos físicos e mentais. Aguentei.
A 20 de Janeiro incorporei no Exército, e a recruta bem sabem que não é fácil, chegava à 6ª Feira a casa bem cansado e em vez de descansar como os meus camaradas, recuperar energia para mais uma semana, ia correr e correr ao frio e chuva arbitrar jogos. Estive em Abrantes até fim de Março, a 220 km de casa.
Desde Abril que estou na Póvoa do Varzim a 550 km de beja, estão bem a ver as "estafas" em viagens que tenho feito só para vir arbitrar.

Mas quem correr por gosto não cansa ou cansa menos, agora tenho a recompensa! Fico feliz.
E é assim, agora até dia 12 de Junho há que estudar, treinar esperando não ter lesões, e nesse dia com toda a garra honrar a minha pessoa em 1º lugar e claro honrar a A.F.Beja e o nosso conselho de arbitragem. :D

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Boa Páscoa!


Para os meus amigos do peito...

quarta-feira, 31 de março de 2010

Eu vou!


Ver o Benfica-Liverpool ao Estádio da Luz.
Mais uma noite memorável?
Espero que sim!

domingo, 28 de março de 2010

Ah pois é...

Quem disse que todas as piadas do Joãozinho têm que ser indecentes? J
Sócrates foi a uma escola conversar com as criancinhas, acompanhado de uma comitiva.
Depois de apresentar todas as maravilhosas realizações de seu governo, disse às criancinhas que iria responder perguntas.
Uma das crianças levantou a mão e Sócrates perguntou:
- Qual é o seu nome, meu filho?
- LUIZINHO. (lembre-se bem deste nome)
- E qual é a sua pergunta?
- Eu tenho três perguntas:
1ª)Onde estão os 150.000 empregos prometidos na sua campanha eleitoral?
2ª)Quem meteu ao bolso o dinheiro do Freeport?
3ª)O senhor sabia dos escândalos do Face Oculta?
Sócrates fica desnorteado, mas neste momento a campainha para o recreio toca, ele aproveita e diz que responderá depois do recreio.
Após o recreio, Sócrates diz:
- Porreiro Pá, onde estávamos? Acho que eu ia responder perguntas.
Quem tem perguntas?
Um outro garotinho levanta a mão e Sócrates aponta para ele.
- Pode perguntar, meu filho. Como é o seu nome?
- Joãozinho, e tenho cinco perguntas:
1ª)Onde estão os 150.000 empregos prometidos na sua campanha eleitoral?
2ª)Quem meteu ao bolso o dinheiro do Freeport?
3ª)O senhor sabia dos escândalos do Face Oculta?
4ª)Por que é que a campainha do recreio tocou meia hora mais cedo?
5ª)Onde está o LUIZINHO??

Exército 1ª Parte concluída




Já terminei a 1ª parte da formação de Sargento.
O juramento de bandeira foi a 26 de Fevereiro e a instrução complementar terminou a 26 de Março.
Agora estou de férias até 6 de Abril altura em que início na Póvoa do Varzim a especialidade de Secretariado.
Vou conhecer o Norte pois estarei por lá 12 semanas e não venho a casa todos os fins de semana.
Etapa a etapa vou ganhando o futuro.

sábado, 27 de março de 2010

Mudança de hora no Porto... é fogo

Muda a Hora!"
Tinha acabado de entrar o "horário de verão".
Na paragem do autocarro, estavam uma velhinha, a sua neta de dezoito anos e dois fulanos conversando.
Um deles pergunta ao outro:

- João, que horas são?
Responde o outro:

- Três na nova e duas na velha!
E a velha, sem entender do assunto:

- E cinco na tua mãe, seu filho da puta!!!

quinta-feira, 25 de março de 2010

A artrite

Num ônibus, um padre senta-se ao lado de um bêbado que, com dificuldade, lê o jornal.
De repente, com a voz 'empastada', o bêbado pergunta ao padre:
- O senhor sabe o que é artrite?
O pároco logo pensa em aproveitar a oportunidade para passar um sermão no bêbado e responde:
- É uma doença provocada pela vida pecaminosa e sem regras: excesso de consumo de álcool, certamente mulheres perdidas, promiscuidade, sexo, farras e outras coisas que nem ouso dizer...
O bêbado arregalou os olhos, calou-se e continuou lendo o jornal.
Pouco depois o padre, achando que tinha sido muito duro com o bêbado, tenta amenizar:
- Há quanto tempo o senhor está com artrite?
- Eu?... Eu não tenho artrite!... Diz o jornal que quem tem é o Papa !

quarta-feira, 24 de março de 2010

"Grande" alentejano...

Raul, um Alentejano ali dos lados de Mértola, propôs casamento à sua namorada Joana, lisboeta que conheceu na Feira de Castro e ficaram namorando por carta.
Antes de aceitar, ela pensou que seria prudente confessar-lhe:
- Devido a um pequeno problema de infância, eu tenho os seios do tamanho de uma menina de 10 anos de idade.
Ao confessar-lhe o seu segredo, ele simplesmente disse que não tinha nenhum problema com isso, pois o amor que sentia por ela era tão assolapado que esse pequeno detalhe não seria nada.
Mas, já que estavam no tema das confissões, ele pensou que seria prudente também confessar-lhe um pequeno problema que ele tinha guardado por muitos anos.
Olhou-a, bem no fundo dos olhos, e disse:
- Joana, também tenho que te fazer uma confissão: eu tenho o meu instrumento (o coiso, tás a ver o que é?) do tamanho de uma criança acabada de nascer, e espero que isso não seja nenhum problema.
Ela, prontamente, respondeu que isso tão pouco seria um problema, pois amava-o tanto que os dois encontrariam uma forma de resolver o assunto.
Casaram-se.
Assim que chegaram ao local da lua-de-mel, começaram com os "amassos"; e quando ela meteu a mão dentro das ceroulas dele, soltou um grito ensurdecedor e saiu correndo para fora do quarto, morrendo de pânico...
Depois que Raul a alcançou, perguntou o que a havia assustado tanto.
E ela respondeu:
- Vomecê mentiu-me, disse que tinha aí o coiso do tamanho de um recém-nascido!
Ele disse:
-E é verdade mesmo : Pesa 3kg e tem 48cm de comprimento...

terça-feira, 23 de março de 2010

O banqueiro‏

Certa tarde, um famoso banqueiro ia para casa, em sua enorme
limousine, quando viu dois homens à beira da estrada comendo relva.
Ordenou ao seu motorista que parasse e, saindo, perguntou a um deles:

- Por que vocês estão comendo relva?
- Não temos dinheiro para comida.. - disse o pobre homem - Por isso
temos que comer relva.
- Bem, então venham à minha casa e eu lhes darei de comer - disse o banqueiro.
- Obrigado, mas tenho mulher e dois filhos comigo. Estão ali, debaixo
daquela árvore.
- Que venham também - disse novamente o banqueiro. E, voltando-se para
o outro homem, disse-lhe:
- Você também pode vir.

O homem, com uma voz muito sumida disse:
- Mas, senhor, eu também tenho esposa e seis filhos comigo!
- Pois que venham também. - respondeu o banqueiro.

E entraram todos no enorme e luxuoso carro.
Uma vez a caminho, um dos homens olhou timidamente o banqueiro e disse:
- O senhor é muito bom. Obrigado por nos levar a todos!
O banqueiro respondeu:
- Meu caro, não tenha vergonha, fico muito feliz por fazê-lo! Vocês
vão ficar encantados com a minha casa... A relva está com mais de 20
centímetros de altura!

segunda-feira, 22 de março de 2010

Um rato, olhando pelo buraco na parede

--------------------------------------------------------------------------------
Titulo: Um rato, olhando pelo buraco na parede
Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa
abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que haveria ali.
Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.
Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:
- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!
A galinha disse:
- Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema
para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.
O rato foi até o porco e disse:
- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira!
- Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas não há nada que eu possa
fazer, a não ser orar. Fique tranqüilo que o Sr. Será lembrado nas minhas orações.
O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:
- O que ? Uma ratoeira ? Por acaso estou em perigo? Acho que não !
Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira.
Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando sua vítima.
A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego.
No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra
venenosa. E a cobra picou a mulher... O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre.
Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que
uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.
Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.
Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.
A mulher não melhorou e acabou morrendo.
Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo.


Moral da História:
Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando há uma ratoeira na casa, toda fazenda corre risco.
O problema de um é problema de todos!

domingo, 21 de março de 2010

Ser fiel tem as suas virtudes

Um gajo acorda com a maior de todas as ressacas, vira-se, e ao lado da cama há 1 um copo de água e duas aspirinas. Olha em volta e vê sua roupa passada e pendurada. O quarto está em perfeita ordem. Há um bilhete da sua mulher:
- Querido, deixei-te café pronto na cozinha.
Fui ao supermercado.
Beijos.

Ele desce e encontra um grande café esperando por ele.

Pergunta ao filho:
- O que aconteceu ontem?
- Bem, pai, tu chegaste ás 3 da manhã, completamente bêbado, vomitaste o tapete da sala, partiste móveis e deste cabo do olho ao bater contra a porta do quarto!
-E porque é que está tudo arrumado, café feito, roupa passada,
aspirinas para a ressaca e um bilhete amoroso da tua mãe?
- Bem, a mãe arrastou-te até a cama, e quando te começou a tirar as calças, tu gritaste:
- Larga-me puta que eu sou casado!

Hoje é...

... o dia mundial da poesia! :D

Com o objectivo primeiro de defesa da diversidade linguística, a UNESCO decidiu, em 1999, proclamar o dia 21 de Março Dia Mundial da Poesia.

sábado, 20 de março de 2010

Crocodilo no Circo‏

Num circo é apresentado o domador com um crocodilo.
Depois de agradecer os aplausos, o homem pega num pau, dá uma pancada na cabeça do crocodilo e este abre a boca.
O homem desaperta a braguilha, ajoelha-se e coloca o pénis na boca do crocodilo.
Começam a rufar os tambores e o público faz silêncio total.
O homem pega novamente no pau e dá segunda pancada na cabeça do crocodilo. Este começa a fechar a boca lentamente.
- Uaaahhh!!! - Ouve-se a assistência.
O crocodilo quando está quase a fechar a boca totalmente, pára!!!
Na assistência o silêncio é geral. Apenas se ouve o rufar dos tambores.
O homem dá uma terceira pancada na cabeça do crocodilo e este abre totalmente a boca.
O público explode em aplausos e a orquestra começa a tocar.
O homem põe-se de pé, aperta a braguilha e num tom desafiador pergunta à assistência:
- Alguém é capaz de fazer isto?
Responde uma loira no meio da assistência:
- Eu faço!!! Só não gosto é que me batam na cabeça.

Sexo a três

Num bar, um sujeito encontra uma bela morena, amiga da sua mulher.
Ela chega toda insinuante, e diz:
- Posso fazer uma pergunta?
- Claro!
- Fazer sexo a três está entre as suas fantasias?
E ele, empolgado, exclama:
- Clarooooo!!!!
A morena esclarece:
- Então, corre para casa que talvez ainda chegues a tempo...

sexta-feira, 19 de março de 2010

POESIA MATEMÁTICA!!!!

*Quem 60 ao teu lado e 70 pelo teu corpo,
vai certamente rezar 1/3
para arranjar 1/2 de te levar para 1/4
e ter a coragem de te dizer:
20 comer!!!*

quinta-feira, 18 de março de 2010

Family

UMA GRANDE VERDADE
CURIOSO?!!
Tens consciência que se morresses amanhã, a firma onde trabalhas substituía-te rapidamente.
Mas a família que deixas para trás, sentirá a tua falta para o resto das suas vidas.
Pensando nisto, perdemos mais tempo com o trabalho do que com a Família, um investimento muito pouco sensato, não achas?
Afinal, qual a moral da história?
Sabes o que significa FAMILIA em Inglês?


FAMILY = ( F)ATHER ( A )ND ( M)OTHER ( I) ( L )OVE ( Y )OU
'Pai, Mãe, amo-vos'

terça-feira, 16 de março de 2010

Finalmente

O director da Penitenciária, com a ajuda de um megafone, diz aos
presos no pátio:

- Atenção, cambada! Chega de preguiça! Chega de sorna! Chega de
bandalheira! Quero todo o mundo a varrer e a limpar esta bagunça!
Amanhã chega o primeiro-ministro José Sócrates.

Um dos presos comenta com outro:

- Caramba! Custou, mas prenderam o gajo...

domingo, 14 de março de 2010

Poesia Dura

Neste Portugal imenso

Quando chega o verão,

Não há um ser humano

Que não fique com tesão.

É uma terra danada,

Um paraíso perdido.

Onde todo mundo fode,

Onde todo mundo é fodido.

Fodem moscas e mosquitos,

Fodem aranhas e escorpiões,

Fodem pulgas e carrapatos,

Fodem as empregadas com os patrões.

Os brancos fodem os negros

Com grande consentimento,

Certos 'amigos' fodem as noivas

Até quase à hora do casamento.

General fode o Ministro,

Autarca a ordem de prisão.

E os gajos da Assembleia da República

Vivem fodendo a nação.

Os frades fodem as freiras,

O padre fode o sacristão,

Até na seita do crente

O pastor fode o irmão.

Todos fodem neste mundo

Num capricho que alivia.

E os danados dos VIP'S

Fodem os putos da Casa Pia.

Parece que a natureza

Vem-nos a todos dizer,

Que vivemos neste mundo

Somente para foder.


E você, meu nobre amigo

Que agora se está a entreter,

Se não gostou da poesia
Levante-se e vá-se foder!!!

quinta-feira, 11 de março de 2010

Cheiros

Um rapaz e uma rapariga alentejanos passeavam pelo campo quando a Maria parou e perguntou ao Manel:
*- Como é que o cavalo sabe que a égua "o quer"?
Ao que o Manel responde:
- Pelo cheiro.
A Maria continua a andar e pouco mais à frente pára e pergunta:
- Manel, como é que o cão sabe que a cadela 'o quer'?
Manel respondeu:
- Pelo cheiro, Maria.
Mais à frente a Maria torna a perguntar:
- Manel, como é que o touro sabe que a vaca 'o quer'?
Manel responde (pacientemente):
- Maria, já te disse que é pelo cheiro!!!!!!!
Depois de uma curta pausa olhando fixamente para os seus olhos Maria pergunta *:*
- E tu, ó Manel, és maricas ou tens gripe??*

quarta-feira, 10 de março de 2010

Curiosidades

- Se 23% dos acidentes de trânsito são provocados pelo consumo de álcool, isto significa que 77% dos acidentes são causados por pessoas que bebem água! -Perigosos, esses gajos...

- Intelectual é aquele indivíduo capaz de pensar por mais de duas horas em algo que não seja sexo.

- Um homem tolo diz para uma mulher que pare de falar, mas um homem sábio diz que a boca dela fica extremamente bonita quando os lábios dela estão fechados.

terça-feira, 9 de março de 2010

O nosso cérebro é doido

Eu já desconfiava disso há muito tempo....
O nosso cérebro é doido !!!
De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qual odrem as Lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea.
Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.
Sohw de bloa.
Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.
35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453
4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O
D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

quinta-feira, 4 de março de 2010

O cão Simba e o seu menino de estimação

Era uma vez...
Numa pequena aldeia perdia neste imenso Alentejo que é nosso.
Nesta aldeia tão singela e caiada de branco como todas as outras, onde a paz reina dia após dia, um dia uma cadela toda ela castanha deu à luz uma grande ninhada de pequenas criaturas. Todavia por desventuras de um destino cruel apenas um dos bebés acabou por conseguir sobreviver. Apenas um.
Houve necessidade de dar a esse pequeno cãozinho castanho uma família que o acolhesse, perfilhasse e lhe desse a felicidade de um lar.
Coube a sorte a um menino de 6 anos a quem os pais quiseram oferecer um amigo de quatro patas, e o menino logo baptizou o novo amigo de Simba!
E aquela dupla a partir daí tornou-se inseparável. Em qualquer sítio naquela pequena povoação estavam juntos, para onde o menino ia o cãozinho acompanhava. Todos os dias de manhã o bicho acompanhava o seu mais que tudo à escola e à porta sentado aguardava a hora de saída para o almoço, de tarde a sequência repetia-se e depois das aulas era hora das brincadeiras, das correrias, da ida ao campo onde o pequeno fedelho com a sua fisga tentava caçar pássaros e o Simba com o rabo para a esquerda e para a direita em movimentos incessantes não parava de latir como sinal do seu contentamento. Bastava estar ao lado do seu dono para se sentir um animal na plenitude da sua felicidade.
Para a criança de nome Afonso era impensável estar muito tempo afastado do seu companheiro canino, nunca prescindia da sua fiel companhia. Foi um crescimento mútuo, uma infância.
Para todos os cachorros existe um sonho, ter um menino de estimação e Simba tinha o seu a quem era devoto e se entregava de pêlo e alma!
E eras vê-los sábados e domingos em passeios pelos campos, livres como 2 aves ao vento, felizes como se fossem crianças toda a vida.
Mas tal não acontece.
E o menino Afonso pouco a pouco foi-se tornando um rapazolas e não tardou muito já tinha o 9º ano concluído e aproximava-se uma terrível mudança na sua vida, pois ao transitar para o 10º ano ter-se-ia que deslocar para a cidade mais próxima que distava quase 100 quilómetros onde iria viver na casa de uma tia.
Até aqui tudo bem, sem dramas nem choradeiras, o pior era a separação do Simba e do Afonso, pois a partir daqui apenas aos fins de semana se poderiam ver, e não seriam todos, pois o Afonso teria que ficar na cidade a estudar e a preparar-se para ter boas notas e entrar no ensino superior.
Para o Simba foi um prenúncio de morte a distância, o pobre cão todos os dias caminhava até à paragem do autocarro e por ele esperava na ânsia de poder ver chegar o seu aldeano imigrado. Em vão, quando já não havia ninguém para sair do autocarro os olhinhos castanhos do canino murchavam e ficavam humedecidos tal era a tristeza naquela pequena criatura.
E foi assim que pouco a pouco o Simba foi desfalecendo por dentro de tanta desmotivação e saudade, motivo que lhe ceifou a energia, e que juntando à velhice o levou à morte.
Quando se fala em animais de estimação muitas vezes cometemos esse erro de prisma, pois são os cães que nos estimam a nós donos como se não houvesse outro bem.
Dinis Gorjão

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Medições

O Exército decidiu conceder reformas antecipadas ao seu pessoal mais antigo.
A regra é a de cada voluntário escolher dois pontos no seu corpo e receber 100 Euros por cada centímetro de distância entre eles.
- Um oficial pede para ser medido, claro está, do topo da cabeça à pontinha dos dedos dos pés. Ele mede 1,90 m e, portanto, recebe 19.000 Euros.
- Um outro oficial, mais pequeno mas um pouco mais esperto que o primeiro, pede para ser medido do topo da sua mão erguida sobre a cabeça até à ponta dos dedos dos pés. Recebe 24.000 Euros.
- Um terceiro voluntário, um velho sargento espertalhão, solicita: 'Meçam-me da ponta do meu pénis até aos meus testículos'.
O oficial médico encarregue do processo explica ao sargento que essa ideia pode não ser muito proveitosa. Mas o velho sargento insiste. Baixa as calças e as cuecas e o oficial médico coloca a ponta da fita métrica na ponta do pénis do sargento e começa a medir. De súbito, exclama:
'Meu Deus! Onde estão os seus testículos?'
O velho sargento responde:
'Em Angola.'

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

145 kg de mulher!

Antes de visualizar as imagens abaixo, imagine mentalmente o aspecto duma mulher com 145 kg de peso.

Era isto que imaginava?
A mulher mais alta e mais bem proporcionada do mundo vive na Holanda.
Mede 2.23m e pesa 145kg!
Agora todos sabemos que essa conversa de excesso de peso é uma treta...
O que falta é altura!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Casal Perfeito

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita.
Namoraram e um dia casaram-se. Formavam um casal perfeito.
Numa noite de Natal, ia o casal perfeito por uma estrada deserta, quando viram alguém a pedir ajuda na berma. Como eram pessoas perfeitas, pararam para ajudar. Essa pessoa era nada mais nada menos do que Pai Natal, cujo trenó tinha avariado. Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal perfeito ofereceu-se para ajudá-lo a distribuir os presentes.
O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles. Infelizmente o carro envolveu-se num acidente e somente um dos três ocupantes sobreviveu.
Pergunta:
Quem foi o sobrevivente do trágico acidente?
A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?

(a resposta está mais abaixo)
Resposta:
A mulher perfeita sobreviveu. Na verdade, ela era a única personagem real dessa história. Toda a gente sabe que o Pai Natal e o homem perfeito não existem.
(Se és mulher, podes fechar a mensagem, a piada acaba aqui)
(Homens, podem continuar a ler abaixo)
Agora, se nem o Pai Natal nem o homem perfeito existem, é claro que quem conduzia era a mulher, o que explica o acidente. Se és mulher e leste até aqui, fica provada mais uma teoria:as mulheres são curiosas, metem o bedelho onde não são chamadas e são incapazes de seguir as instruções.